Pesquisar este blog

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

O primeiro dia do melhor governo da vida dos goianos.

Ontem foi a posse de Marconi Perillo. Eu estava lá. Auditório lotado, engarrafamento, chuva, a alegria das pessoas. Tudo mostrava a expectativa e o otimismo para o governo que começa. Na abertura, uma bela música tocada ao piano, uma apresentação de uma criança, os aplausos efusivos do público.

O governo assina os decretos de posse dos secretários, e determina as primeiras medidas. Iniciou-se a jornada. No seu discurso, já bem diferente do dia da posse onde ainda demonstrou tristeza pelos últimos acontecimentos envolvendo seu ex-aliado e sucessor, Marconi esforçou-se para vislumbrar o futuro. Solicitou aos seus auxiliares trabalho, trabalho, trabalho. A ordem é ninguém ficar de braços cruzados. Um desejo sincero de colocar goiás na rota do desenvolvimento.
Elogiou a coragem de Thiago Peixoto, - um sinal para aqueles de sua base ainda recalcitrantes - e avisou: as prioridades é segurança, cultura, educação, ciência e tecnologia. Transformou em palavras o sonho de todos os goianos.

Em seguida o discurso do Deputado Federal, que eu considero um grade professor de Política em Goiás. Discurso leve, sem nenhum mágoa, nenhum rancor. Serenidade, alegria, otimismo, segurança, mas sobretudo, esperança e fé de construir dias melhores.

Destaque para a abertura da exposição de Arte do Grande Siron Franco, e das presenças Ilustres de Fernando Cunha e do Professor Nion Albernaz.

Estes foram sem dúvida, os principais fatos do primeiro dia do melhor governo da vida dos goianos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário