Pesquisar este blog

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Deixem-me chorar.

Eu choro por que quando a choro a dor passa.
As lágrimas descem dos meus olhos suavemente,
E lava todas as feridas;
Leva, como um rio, as dores da vida;
E alivia a dor de um coração que ama.

Eu choro, por que quando choro,
minha lágrimas se transformam em um rio;
Neste rio meu coração navega até meu espírito,
E, eu posso ver as lembranças de tempos passados.
Posso ver a beleza do teu rosto de outrora.

Eu choro por que quando choro,
Minhas lágrimas se transformam em um mar.
Neste mar meu espírito navega até minha alma.
E, emfim, sinto-me tão perto de você.
Tão perto que penso que nada pode nos separar.

Eu choro por que quando choro,
Minhas lágrimas se transformam em um oceano.
E, neste oceano, nossas almas podem navegar.
O destino, é o infinito, para além de todos os universos.
O combustível, nossa eterna vontade de nos amar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário