Pesquisar este blog

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Vasco campeão - sempre foi em meu coração.



Aprendi a torcer pelo Vasco no ano de 1986. O meu amigo, Vagner, tentou por ensinar-me a arte do futebol. Ele era o melhor jogador da escola e costuma driblar um time inteiro sozinho. Sempre me colocava no time dele, afinal, se ele não o fizesse ninguém mais o faria, e mesmo assim, os demais colegas ficavam irritados com postura dele.
Durante os últimos oito anos vivemos uma seca de títulos, a passagem pela série B, a volta por cima, tudo suportado em silêncio. Chegou a hora de soltar o grito de campeão. E é de uma forma orgulhosa que vejo os torcedores alegres, sem violência, dignos de um time grande, de jogadores grandes, de gente elevada.
Obrigado ao Coritiba por ter sido um time guerreiro. Não seria tão gostoso se fosse contra um time não guerreiro, não seria gostoso se não fosse um titulo merecido. Obrigado a todos aqueles que fazem da vida um tempo de alegria, um tempo de lealdade, um tempo de confraternização. Obrigado Vasco –é Campeão. Nós da nação  cruz-maltina merecemos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário