Pesquisar este blog

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

As razões deste blog.


Escrever é preciso


Nelson Soares dos Santos

Na medida em que aumenta o número de leitores do blog, sinto necessidade de colocar algumas explicações com o fim de ajudar os visitantes a entender os motivos do blog, o conteúdo, e mesmo o espírito com o qual os textos são escritos. No começo, este blog era apenas uma brincadeira, uma forma cínica de mostrar aos meus alunos que o processo de aprendizagem passa por admitir o erro. Sendo assim, escrevia pequenos textos, sem correção e ou revisão e respondia perguntas dos alunos ou complementava questões respondidas em sala. O primeiro endereço foi no “meu espaço” do Hotmail. Em seguida, organizei um blog no bol, o qual utilizei por pouco tempo e abandonei.
Quando descobri o serviço de blog do gmail, encontrei ferramentas fáceis de manusear e portanto senti-me incentivado a continuar a escrever. Foi então que tive a idéia de publicar as primeiras poesias escritas na década de 1987/2000. Logo, comecei a perceber que o blog se tornava um bom mecanismo de comunicação e servia para exercitar a escrita. Foi assim que resolvi migrar do Pensamentos sobre a vida, para Pensamentos, Reflexões e devaneios. Mantive a filosofia original e continuei a escrever diretamente no blog sem correção ou revisão.
No ano de 2009, devido a diversos acontecimentos que culminaram com o meu ingresso no doutorado em Educação, entendi que o blog teria para sempre a função de laboratório do meu processo de escrita. E assim o tenho mantido.
Os prezados leitores devem entender, portanto que não escrevo no blog de forma profissional. É apenas um exercício, embora os textos reflitam algumas crenças e, sobretudo algumas críticas que acredito devem ser feitas a nossa sociedade. Digo isso para justificar pelo menos duas coisas: 1. Não existe uma preocupação com datas ou  mesmo um rigor científico no sentido de indicar bibliografias e citações; 2. Os textos aqui escritos, mesmo aparentemente estando carregados de informações não devem ser utilizados como fontes de verdades históricas, ou como interpretações exatas de teorias filosóficas, sociológicas, políticas ou éticas. Eles refletem crenças do momento, que em um processo de elaboração rigorosa podem até vir a tomar outra forma ou outra essência. Por isso, considero que o blog nada mais é que um laboratório pessoal de elaboração de idéias e reflexões sobre o cotidiano, a vida, a história e o mundo.
Quase sempre escrevo de madrugada quando o silêncio da cidade libera o espírito e a alma para sentir e pensar o mundo. Assim, em tempos de intenso trabalho mental costumo publicar todos os dias, de acordo com os assuntos que faz vibrar meu espírito e minha alma. É um blog independente, pessoal, das minhas crenças, sem nenhum compromisso profissional com qualquer instituição, empresa e ou partido político; sendo que deves considerar que determinadas pode, algumas vezes, refletir as idéias das Instituições as quais me filio. No entanto, o que escrevo é sempre a minha interpretação e não o pensamento oficial de nenhuma delas.
Dito isso, considere como se fosse um prefácio. Fique a vontade para explorar todos os marcadores. As poesias estão incluídas nas “Cartas para você”,; os demais marcadores são exatamente as áreas nas quais os artigos de alguma forma tangenciam. Boa leitura. 

2 comentários:

  1. Interessante, porque esses últimos dias tenho me debruçado sobre alguns textos teus e acabo por ler neste a tua essência, encantada.

    ResponderExcluir
  2. Oh.... "Encantada", gostou do blog, segue-me então. Compartilhe comigo a beleza de viver.

    ResponderExcluir