Pesquisar este blog

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Poesia para o teu coração.

Nelson Soares dos Santos
(Rascunho de poesia escrita em 2010)

Logo que o sol amanhece a vida,
Ouço tua alma chamando pela minha.
Hoje sei que o amor é o que move a lida.
Ainda que os espinhos invadem a vinha,
Insisto que a vida vale pena ser vivida,
Na dor, na tristeza, nas mágoas esquecidas
Yeschua nos ensina a louvar a vida.

Rude, duro e triste é o sozinho;
Ouvindo lamentos, tristeza e dor,
Daqueles que escolhem as rosas sem espinhos;
Rezando para que isso seja o amor.
Isso é o que chamo de brindar com vinho,
Garantindo que a fé é mais forte que a dor.
Usando todas as pedras do caminho
E utilizando para construir um castelo de amor.
Sentindo-se como Colombo, um descobridor.

Tudo é sombrio vivendo sem você.
Ouvindo os murmúrios que a vida apresenta,
Rompendo barreiras, sentindo o coração doer.
Rasgando meu peito, desejando lhe ter;
E esperando os sonhos que a vida alimenta,
Sentindo que sem sua companhia tudo é sofrer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário