Pesquisar este blog

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Agradecimentos. Família Zé da Covanca.

Vejam a carta que recebi hoje. Digo a toda a família do Zé da Covanca, que assim como ele foi justo e me ajudou, eu farei de tudo para que os criminosos que tiraram a vida dele paguem pelo crime.


Sr. Nelson Soares,

Aqui quem escreve é Karina Furtado, sobrinha do ex- Prefeito de Monte Alegre,  José da Silva Almeida  - Zé da Covanca.
Somente hoje, encontrei um post, escrito por você no dia 21/02/2011, onde o meu tio foi citado e repassei para toda família. E em nome da família, gostaria de agradecer as palavras e o carinho que demonstrou ao citar meu tio em seu blog. 
É muito triste saber que mesmo após 13 anos do ocorrido, até o momento o caso não teve nenhum desfecho. Os assassinos continuam soltos como se nada tivesse acontecido.
 Na ocasião da morte do José, brutalmente assassinado por pistoleiros, o Secretário de Segurança da época era exatamento o hoje Senador Demóstenes Torres que agora está em desgraça, por suas ações e comportamento de PARECER UMA COISA E FAZER EXATAMENTE OUTRA. ESSE É UM TRAÇO DE SUA PERSONALIDADE, SÓ AGORA DESCOBERTO EM VIRTUDE DESSE ESCÂNDALO DO CARLINHOS CACHOEIRA.
 
Na época, ficamos todos esperançosos que ele, sendo Secretário de Segurança do Governo Marconi Perilo e vindo da condição de Promotor de Justiça, faria a sua parte e o caso do José teria emfim um desfecho com JUSTIÇA.
 
Foi exatamente o contrário. Talvez uma das maires demonstrações de acobertamento político dos verdadeiros culpados. O caso não foi adiante e o mandante não foi julgado e está solto até hoje.
 
Um verdadeiro absurdo que mostra claramente que é o Senador Demóstenes Torres. Como DEUS cobra a fatura aqui mesmo na terra, agora ele está começando a pagar por tudo de ruim que fez em sua vida profissional e política. Não desejo o mal de ninguém mas, o Senador está pagando pelo seus próprios erros. Simples assim.

Quero mais uma vez agradecer em nome de toda família do José da Silva Almeida.

Um forte abraço,



--
Karina Furtado

Nenhum comentário:

Postar um comentário