Pesquisar este blog

domingo, 1 de setembro de 2013

Sobre a Virtude da Liberalidade.


Então você bebeu todas né? comeu a vontade. Aquela picanha então, você comeu até sentir dor de barriga. Foi intemperante. E claro, tudo aquilo que traz prazer, ou muitas vezes causa dor, custa dinheiro. E foi assim que talvez, você tenha gastado mais do que devia neste fim semana. Início de mês, e antes de fazer as contas você bagunçou o orçamento do mês. Pois é. Tem uma virtude que diz respeito a forma como você lida com o dinheiro, a riqueza, os bens materiais, e suas relações com a busca do prazer e de como evitar a dor. O nome desta virtude é Liberalidade. Calma, não estamos falando deste conceito de liberal que tem por ai não. Liberalidade aqui, é dito da capacidade de usar bem os bens materiais para conseguir o prazer ( verdadeiro, que traz felicidade) e evitar a dor. Enquanto meio termo está entre o excesso que é o esbanjamento e a falta que a avareza. O esbanjador é aquele indivíduo irresponsável que chega no buteco paga a conta para os amigos bebuns e muitas vezes se recusa a colocar o filho em uma escola melhor. O avaro, é o conhecido mão de vaca, sovina, mão fechada, que certamente todo mundo conhece um. Geralmente se diz que estes tem um escorpião no bolso.
O liberal é aquele que sabe gastar. Sabe quando emprestar um dinheiro ao amigo, por que sabe que o amigo realmente precisa. Qual seja, sabe usar com sabedoria os recursos que a vida coloca ao seu dispor.
Bom, se você foi sovina hoje, ou esbanjador.... Esqueça, é passado. Agora, no presente você pode exercitar a liberalidade. Mas, lembre-se, para ser liberal é preciso ter temperança, coragem, e principalmente, conhecimento, justiça e sabedoria. Uma Semana muito feliz a todos e uma primavera radiante

Publicado no www.facebook.com/nelsonsoaresdosantos

Nenhum comentário:

Postar um comentário