Pesquisar este blog

terça-feira, 31 de julho de 2012


A Rosa e a Cruz

Nelson Soares dos Santos



Finalmente compreendi sua voz misericordiosa.

Que fala meu aos meus ouvidos indicando o caminho.

Ensinando-me que não existem rosas sem espinhos,

E que a Rosa é a Cruz, e que a Cruz é a Rosa.



E, foi assim que entendi os ensinamentos da cruz,

Já com os meus pés sangrando pela via dolorosa;

Aprendi  a ouvir tua voz, seguir o raio de luz...

Vendo na Rosa a Cruz, vendo na Cruz a Rosa.



E com o peito sangrando e vertendo sobre a cruz,

Os soluços de perdão de tua voz amorosa.

Estava ali o mistério, o sentido de ser luz,

A Rosa brilhava na cruz, e a Cruz, brilhava na Rosa.






Nenhum comentário:

Postar um comentário