Pesquisar este blog

segunda-feira, 27 de junho de 2011

O PPS tem consciência do seu papel no Projeto de Desenvolvimento para Goiás – E será grande.


Nos últimos dias circulou rumores de inquietude no PPS de Goiás. Jornais, muitas vezes contam as histórias pela metade, e explica pouco o  que houve. Não sei se em busca de leitores ou se em busca de factóides para provocar divisões, ou mesmo, a serviços de forças estranhas que buscam tirar proveito de qualquer factóide político. O que poucas pessoas querem ouvir é que existe em Goiás um grande número de pessoas com um projeto político verdadeiro, preocupados em trabalhar pela população e ajudar o Governador a fazer o melhor governo da vida dos Goianos.
Vamos direto aos fatos. Forças ocultas têm tentado criar dissensões dentro do partido na tentativa de aliciar o único deputado eleito, Joaquim de Castro. Felizmente o PPS não é a única vítima deste tipo de estratégia para construir um novo partido ou aliciar novas lideranças. A cooptação, vergonhosamente, tem sido uma arma usada pelas maiores lideranças do estado, como ser eleito por um partido  e um projeto e passar a servir a outro projeto, fosse uma coisa normal e natural e não tivesse em si nenhum problema moral. O PPS é um partido democrático e trata seus filiados, lideranças e amigos com respeito e responsabilidade. Sendo assim, não é verdade que o deputado Joaquim de Castro não tem espaço no partido. Tudo que é preciso ser feito está sendo feito pelos dirigentes partidários para que o deputado seja querido e respeitado no partido, e, ajude a construir um projeto de desenvolvimento para o Estado de Goiás com menos desigualdade e mais justiça social.
De outro lado, não existe nenhuma lógica em querer explorar dissensões entre o deputado eleito e o presidente do Partido , Gilvane Felipe. Ambos são fiéis aliados do projeto do governador Marconi Perillo, o primeiro defendendo de forma ferrenha os interesses do Governo na Assembléia, e o segundo, fazendo um belíssimo trabalho que irá mudar para sempre a cultura em Goiás. Pior ainda é acreditar que um deles venha a alimentar tais dissensões, uma vez que ambos possuem compromissos com suas bases e  que faz da unidade partidária um elemento necessário para se realizar os objetivos de ambos, afinal, nenhum dos dois é maior que o PPS. É um orgulho para nós saber que outros partidos querem o deputado que elegemos, mas certamente não será desta vez. No PPS, fidelidade, lealdade, e senso de coletividade é a marca dos seus membros e acreditamos que com Joaquim de Castro não será diferente.
A inquietude do PPS existe e  é explicada pelo firme propósito de construir um projeto sólido para o desenvolvimento goiano. Auxiliar o Governador a fazer o melhor governo da vida dos goianos, organizar chapas competitivas para 2012, eleger no mínimo três deputados estaduais em 2014, e contribuir com o projeto nacional do partido formando uma chapa forte para deputado federal e elegendo um ou dois deputados federais em 2014. Para isso, o partido luta, em todas as regiões, por meio de suas lideranças, para construir uma alternativa de esquerda  democrática em Goiás em consonância com  o projeto nacional do partido.
Na cidade de Anápolis, a vereador Gina, que também foi candidata a deputada estadual deixa a sua marca da política de valorização da mulher desenvolvida pelo PPS. Ajudando a construir o desenvolvimento de uma cidade que já é um grande pólo de atração de investimentos para a economia goiana. Na câmara Municipal de Anápolis, a vereadora tem combatido o bom combate, zelado pela defesa dos princípios democráticos, e, lutado pelo crescimento do partido.
Na região do Sudeste Goiano, nosso Líder, Fabiano Arantes finca bases sólidas na divulgação das propostas de radicalidade democrática do nosso partido. Na região de Rio Verde, Demilson Lima, vice-prefeito e suplente de deputado estadual realizar uma belíssimo trabalho de formação política de novas lideranças, percorrendo municípios, organizando novas comissões provisórias, fortalecendo o partido e pensando um projeto que ajude a erradicar a pobreza, melhorar a vida de todos os goianos. No entorno de Brasília, Vilmar Popular, realiza um trabalho de luta e abnegação contribuindo para o aumento da consciência política do povo, lutando na linha de frente no combate a violência e pela resolução dos problemas do entorno. E assim, segue, em diversas outras regiões. Ricardo Basílio em São Miguel do Araguaia, que certamente será o futuro prefeito da cidade, uma liderança serena, corajosa, que certamente ajudará o Governador Marconi a fazer muito por Goiás.
A construção de um projeto político promissor é feito assim. Debates, conversas, divergências, convergências, mas sempre com o objetivo certo e certeiro. O objetivo de todas as lideranças do PPS, é em primeiro lugar ajudar o governador Marconi a fazer o melhor governo da vida dos goianos, fortalecendo a rede de proteção social, fazendo uma revolução na educação, na saúde, na cultura, e, promovendo um rico processo de industrialização no estado. O PPS, tem consciência do seu papel de servir, sempre, como defensor da democracia, dos direitos humanos, de amplas liberdades, da sua luta e seus ideais por uma sociedade menos desigual e mais justa. E o PPS em Goiás tem consciência do quanto precisamos lutar para fortalecer a UEG, aumentar a rede de proteção social, investir na agricultura familiar, contribuir para resolver o problema do trânsito nas grandes cidades do estado, erradicar o trabalho escravo e o trabalho infantil, e tantos outros temas que tem sido esquecido na política local.
O momento, é de fortalecimento do nosso partido. O momento é de compreender que Goiás, e Marconi Perillo conta com os nossos esforços no amadurecimento de idéias boas, e na defesa fiel e justa das posições que levará Goiás a estar em breve, entre os estados mais desenvolvidos do Brasil, com qualidade de vida para o seu povo, e menos, muito menos desigualdade social. O momento é de olhar para o futuro  e perceber que Goiás precisa do PPS que temos para construir o PPS que queremos. Sendo assim, erra aqueles que apostam na divisão pois os líderes do PPS possuem a consciência da responsabilidade dos mais de 100 mil votos recebidos nas urnas no ano de 2010.

Um comentário:

  1. EM CRISTALINA - GO ENTORNO DE BRASILIA, SOU VEREADOR PELO PPS , OBTIVE 8,74% DOS VOTOS VALIDOS 1949 VOTOS. E SINTO O PPS DISTANTE E ME SINTO ISOLADO. JÁ ESTOU NO MEU TERCEIRO MANDATO DE VEREADOR E TENHO UM GRANDE SONHO DE SER PREFEITO UM DIA. MAIS PARA ISSO PRECISAMOS DE MAIS APOIO DO PPS ESTADUAL, QUANTO AO DEP. JOAQUIM, E UMA PESSOA HONESTA E RESPEITADA, E SE ELE RECLAMA E PORQUE SENTE COMO NÓS DO PPS CRISTALINA. ISOLAMENTO DO PPS ESTADUAL. VAMOS ESPERAR MAIS APOIO, FUI MARCONI E DEFENDI A SUA BANDEIRA E VOU CONTINUAR DEFENDENDO. OBRIGADO VER. MARQUINHO ABRÃO CRISTLINA- GO

    ResponderExcluir