Pesquisar este blog

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Campos Belos está de Luto - Eu também.

Símbolo de honestidade, coerência, ética na política e fé.


Os sinos da Matriz ressoaram enlutados na manhã do dia 19 de fevereiro de 2011, simbolizando a saudade antecipada do jovem esportista, seguidor inconfundível de D Alano, líder dos nossos corpos e de nossas almas. Como o incansável D. Alano, Anjo cresceu em fé, esperança e devoção. Sua caminhada nos trilhos da fé católica o tornou porto seguro espiritual de nossa gente, depositário do dom da palavra humana e divina – um semeador do reino radicado na terra arenosa de Campos Belos.
Um dos fundadores do grupo JASS (Juventude Atuante Sempre Servindo), Anjo liderou uma revolução que reinventou a juventude no caminho do serviço pastoral/comunitário. Com o Pe. José Moreira da Silva, hoje D. Moreira, restabeleceram o vigor das pastorais, do ECC – Encontro de Casais com Cristo e de tantos outros movimentos pela vida, promovido pela Igreja Católica.
O engraxate, depois mecânico Anjo se tornou vice prefeito presente e atuante da cidade do seu coração em 1993. Foram quatro anos de persistência e luta ao lado do seu companheiro de chapa Fernando Julio Terra. Em 1996, Anjo foi eleito prefeito e imprimiu em sua administração seus sonhos de justiça, honestidade e ética. Foi o prefeito da educação, pois, deu prioridade, descentralidade e autonomia a essa área. Ele tinha como preocupação o ser humano. Chegou a atrasar o seu próprio salário em favor dos demais servidores municipais.
O prefeito Anjo se considerava um servidor da prefeitura, pois, chegava mais cedo e saia mais tarde para dar exemplo aos demais. Foi coerente e nunca trocou de partido político em sua trajetória, ainda que recebesse pressões internas e externas para aderir à outra agremiação.
Anjo realizou uma transição de governo jamais vista. Ao final do seu mandato, abriu as portas da prefeitura para o seu sucessor, proporcionando aos secretários da posterior administração estagiar e se informarem do andamento das políticas publicas municipais, fato inédito.
O prefeito Anjo colocou o ser humano o centro de sua administração. Na área da saúde recebeu o titulo de “prefeito amigo da criança” e trabalhou incansavelmente para construir a rede de coleta e tratamento de esgoto e resíduos sólidos com um altíssimo investimento em usina apropriada para essa finalidade.
Doou o terreno, participou tijolo a tijolo e registrou em fita VHS, a construção do prédio da UEG, Unidade Universitária de Campos Belos. Após a conclusão da obra, sem nenhuma solenidade, pessoal e humildemente entregou as chaves ao professor Rosolindo Neto, então Subsecretário Regional de Ensino e atual diretor da Unidade.
Certo dia, Anjo disse que “queria asfaltar toda a cidade, mas, se preocupava com a impermeabilidade do solo”. Fato que tomou força após uma chuva intensa que alagou parcialmente o centro comercial urbano, beirando uma tragédia. As obras do prefeito Anjo Rodrigues Galvão estão enraizadas na educação, na saúde, na cultura e na restauração cristã e cidadã do ser humano camposbelense.
Homenagem e pesares dos Professores Adelino Machado e Idonizeth Alves Pereira.

Campos Belos – Goiás, 20 de fevereiro de 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário