Pesquisar este blog

quarta-feira, 25 de maio de 2011

O Xadrez político de Goiás - Duas variáveis e três grandes times.


Quem quiser pensar o xadrez político em goiás tem de levar em conta duas variáveis importantes na atualidade: a primeira a de que Marconi Perillo ainda terá no mínimo 30 anos de vida pública, e a segunda, a de que Iris Rezende ainda não se aposentou.
A segunda variável explica a dificuldade encontrada pelo PMDB. Não se sabe se a situação atual é uma estratégia do velho cacique, ou se o PMDB encontra-se mesmo sem comando. Penso ser mais uma estratégia do velho líder, pois pessoas com condição de assumir o bastão não faltam no Partido. É também, esta segunda variável que movimenta outro time importante, o time do PT. Hoje, a verdade é que o PT encontra-se dividido; uma parte vai lutar para manter a aliança com o PMDB, até para manter as cidades mais importantes do estado na batalha de 2012; e, outra parte já de olho em 2014, não seguirá sem compensações o mesmo caminho.
Quanto a variável Marconi Perillo, tem tudo para liderar uma grande revolução municipalista se entender o papel de cada um dos partidos aliados ao seu projeto, e a partir deles, conseguir ampliar ainda mais sua base, e, aproximar com mais força do povo. De forma lenta, mas gradual e consistente, o Governo tem sinalizado para ações que possam atender a grande massa da população, levando o governador a fortalecer sua identidade de um governo disposto a governar para todos.
Dito isto, é preciso compreender o papel dos aliados, mapear onde estão às forças, fragilidades, e, reforçar os flancos onde existe uma compreensão menor do projeto de se fazer o melhor governo da vida dos goianos. A construção da unidade, harmonia e diligencia na base aliada é uma necessidade que passa pela construção da unidade de cada um dos partidos e o fortalecimento dos mesmos.
As lideranças aliadas precisarão de sabedoria para expandir-se cada  um delas sem entrar e disputas entre si, de tal forma a criar cisões, divisões e enfraquecimentos futuros. As eleições municipais é um xadrez traiçoeiro pois esconde pequenos interesses locais que no futuro podem ser transformadas em esperanças não medidas. Cuidar bem dos rumos de 2012, pode ser começo de muitos anos de progresso para Goiás. Os passos dados por estes três grandes jogadores ( PT, PMDB, PSDB), podem ser uma forma de se entender quais serão as grandes jogadas da política goiana nos próximos anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário